Quais os aparelhos auditivos com melhor benefício?

Aparelho auditivo quanto tempo pode ser usado por dia?
Aparelho auditivo: quanto tempo pode ser usado por dia?
7 de janeiro de 2020
Saiba a diferença entre aparelho auditivo e implante coclear, além de conhecer os acessórios para aparelho auditivo. Acesse!
Diferenças entre aparelho auditivo e implante coclear
17 de setembro de 2020

A utilização de aparelhos auditivos é necessária para diversas pessoas e sempre surge a dúvida de quais são os melhores aparelhos auditivos. Para responder a essa pergunta, vários fatores precisam ser levados em consideração.

Cada pessoa necessita de um tipo de tratamento diferente da outra, por isso é importante que todos os fatores pessoais e audiológicos sejam ponderados para encontrar a prótese auditiva correta e que melhor atenda às necessidades individuais. O fonoaudiólogo é o profissional capacitado para fazer esta indicação.

Principais tipos de aparelhos auditivos

Um dos principais modelos de próteses auditivas é o retroauricular. Esse modelo é conhecido por proporcionar grande flexibilidade de adaptação ao paciente quanto ao nível de necessidade da audição.

Ele possui um componente que permite o ajuste do nível de recepção do som, o que é importante para casos com progressão da perda da audição.

Com isso, esse modelo oferece grande benefício, principalmente em longo prazo, pois não é preciso substituir o aparelho em caso de aumentos progressivos normais da perda da audição, basta realizar os ajustes com o fonoaudiólogo e o paciente pode utilizar a mesma prótese.

Além desse modelo, existem alguns que são específicos para determinadas perdas auditivas. Por exemplo, o modelo de adaptação aberta, que é utilizado em pacientes que apresentam perda de captação de frequências agudas.

Nesse caso, o uso desse tipo de modelo é excelente para quem tem a capacidade de ouvir sons graves, de modo que a prótese auxilia na captação dos sons agudos.

Em casos onde a perda auditiva é mais severa, o melhor benefício para os pacientes está nos aparelhos retroauriculares mais robustos. Esse tipo de prótese é muito potente e a utilização é feita com o fechamento completo do canal auditivo.

Também existem outros modelos, como o intracanal e o microcanal, que apresentam tamanhos e capacidades diferentes, eles possuem ótimo benefício para casos em que a perda auditiva varia entre leve e moderada e o conduto auditivo tem boa anatomia.

Eficiência e conforto

Para que o modelo com o melhor custo-benefício seja encontrado é indispensável o acompanhamento fonoaudiológico, pois este é o profissional que pode oferecer as melhores opções que se enquadram no plano de tratamento de cada paciente.

E entre as opções, dois fatores sempre precisam ser levados em consideração, que é a eficiência e o conforto.

Para que o paciente usufrua dos benefícios da prótese, é preciso que ela seja configurada e moldada diretamente para ele. Além disso, é preciso que as configurações do aparelho sejam compatíveis com as necessidades do caso em questão.

E outros fatores como a estética, por exemplo, também podem ser levados em consideração no momento de escolher o melhor custo benefício entre as opções de aparelhos auditivos.

Tecnologia e estética

Atualmente no mercado existem modelos que são mais discretos e menores, porém é importante salientar que nem sempre o modelo menor é o mais tecnológico e adequado.

Muitas vezes, é preciso optar por modelos um pouco menos discretos, mas que têm a capacidade de oferecer soluções mais adequadas.

Por isso, é essencial que a escolha do aparelho auditivo leve em consideração todas essas e muitas outras questões que são verificadas com auxílio do fonoaudiólogo especializado. Dessa forma, é possível chegar ao melhor modelo, sem dificuldade.

Os comentários estão encerrados.

Mostrar
Esconder