FGTS pode ser sacado para compra de aparelho auditivo
FGTS pode ser sacado para compra de aparelho auditivo
21 de dezembro de 2018
Enxaqueca: Como ela pode comprometer a audição?
8 de janeiro de 2019

A perda auditiva é um ponto de grandes mudanças na vida do paciente, e é importante descobrir como encarar a descoberta como um recomeço. Antes de sair procurando por modelos de aparelhos auditivos e criando diversas preocupações e receios, o primeiro passo no momento do diagnóstico é saber como lidar com a perda auditiva da melhor forma.

A audição está diretamente ligada à comunicação e como interagimos no mundo, com amigos e parentes, no trabalho e nos estudos. Dessa forma, é normal que o processo de aceitação da perda auditiva seja complicado para muitas pessoas. É preciso ter apoio do médico e da família, além de ter paciência durante a adaptação ao novo mundo.

Como enfrentar a perda auditiva

– Respeite seu próprio tempo
Não se cobre uma aceitação plena do diagnóstico em apenas um dia. Cada pessoa tem seu próprio tempo para assimilar uma notícia como essa. Permita-se alguns dias de liberdade aos seus sentimentos, vale sentir o que vier: tristeza, medo, dúvidas, preocupação. Não importa, apenas sinta. Em algum tempo isso passará e a aceitação virá. É então que você passará a ver a chance de recomeço e perceberá que precisa apenas de alguns pequenos ajustes para manter a rotina de sempre.

– Busque tratamento
Após aceitar a perda auditiva, é hora de encarar essa realidade de frente. Algumas pessoas ignoram o diagnóstico durante anos, fato que só acelera o processo. É importante tratar a perda auditiva mesmo em casos leves, de forma a evitar uma piora rápida e até mesmo a perda total da audição. Converse com o seu médico sobre as opções de tratamento a serem seguidas para garantir qualidade de vida total. Para garantir um tratamento tranquilo, é importante não adiar esse passo.

– Converse sobre o tema
São cerca de 10 milhões de brasileiros sofrendo com perda auditiva, você não está sozinho nessa jornada. Converse com outras pessoas que já passaram por esse momento de diagnóstico e adaptação, procure grupos de ajuda, fale com amigos e familiares e também com psicólogos. Falar sobre a perda auditiva e trocar informações e dicas por quem já está há mais tempo lidando com o assunto são formas de compreender melhor o diagnóstico e encarar o tratamento com tranquilidade.

– Pesquise
Evite preocupações desnecessárias e sofrimentos antes do tempo. Pesquise sobre os aparelhos disponíveis no mercado e logo você verá que existem opções discretas e confortáveis e que você não precisa se preocupar em mudar a sua rotina. Seu padrão de vida na verdade vai melhorar, pois você poderá escutar tudo com clareza e passará a se comunicar melhor.

– Não tenha vergonha
Existem diversos tamanhos de aparelhos auditivos, alguns bastante discretos. Mas mesmo no caso dos aparelhos externos e maiores, não é preciso ter vergonha de utilizá-los em público. Além disso, você não precisa se sentir na obrigação de explicar o funcionamento do aparelho a todos que perguntarem. É importante ser educado e respeitar o espaço do próximo. Saiba colocar limites de acordo com o que te deixa confortável e tranquilo.

Os comentários estão encerrados.

Mostrar
Esconder